domingo, 23 de maio de 2021

Nosso pôr do sol


Dizem que o por do sol é para todos

Mas nem todos estão atentos

O exato momento, a lógica do instante

O algo a mais, o instante claro que ficou para trás. 

É evidente a audácia do sol a se pōr

Pôr nos nossos olhos luz e cor

Então o dia se apaga na nossa cidade

E os atentos estão em paz,  pois sabem que amanhã tem mais.


Matéria no Jornal Cruzeiro do Vale


Escritor de Gaspar soma obras autorais de sucesso

09/05/2021

 

 

COLUNA HIT

Por Geraldo Genovez

 

Escritor, poeta e compositor. Quem conhece Edson Simon provavelmente sabe que seu sucesso é resultado de um talento natural somado à dedicação em cada trabalho que se compromete a realizar. Apesar de ter a arte como um hobby, ele não deixa a desejar no quesito qualidade. Suas obras são feitas com muito esmero. Cada palavra colocada no papel transparece aquilo que o artista carrega no peito: amor.

Simon mora no Centro de Gaspar e tem quatro livros lançados. Além disso, uma nova obra de sua autoria está em processo de edição, com estimativa de estreia ainda em 2021. Diante de uma trajetória já conhecida na região, ele descreve a arte como algo sublime que tem o poder de encantar. Não é à toa que suas produções contam com muita personalidade, originalidade e criatividade. O artista representa a cidade com o dom que lapida a cada novo projeto.

Aliás, entre tantos trabalhos autorais, há um poema favorito, intitulado ‘Julgamento’. Um dos trechos diz: “Se devo ser julgado por ser sonhador exijo uma prisão com janelas para o céu. Se mereço ser condenado por ser um sonhador desejo a pena de morte, pois assim minha alma voará livre por todos os lugares que sonhei”.

Suas inspirações são grandes escritores brasileiros. “Comecei escrevendo poemas na adolescência, fascinado por alguns autores como Manuel Bandeira, Cecilia Meireles e Vinicius de Moraes. Um pouco mais tarde, esses trabalhos integraram meu primeiro livro”, recorda. O tempo passou e Simon aumentou seu repertório em leitura de novos livros, revistas e pesquisas. “Participando de oficinas também pude aprimorar meus conhecimentos”, destaca.

Porém, como bom artista que é, enxerga novas possibilidades em experiências do dia a dia. A natureza, por exemplo, é uma das responsáveis pelo processo criativo de Simon. Formado em Ciências Contábeis, ele encontrou na arte uma forma de projetar ideias, compartilhar sentimentos e aprimorar suas habilidades. É claro que os estudos na área também o fazer sofisticar os textos que seus leitores consomem.

Nesse sentido, chama a atenção para o que vem depois: o público. “Cada indivíduo possui um filtro. Uns se encantam pelas artes visuais, outros pela música, etc. Essa subjetividade é bem evidente na literatura. O poeta precisa estar atento com seu filtro para absorver a poesia que está nas coisas mais simples e transcender em versos, assim como o leitor para assimilar a sua mensagem”.

Apoio

Uma das maiores apoiadoras do artista Edson Simon foi Rosane Simon Seibt (in memoriam), sua irmã. Ela, que sempre incentivou seu trabalho como escritor, poeta e compositor, faleceu em abril deste ano, vítima do coronavírus. Com formação na área, teve participação importante na produção do romance ‘O Farol da Sublimação’. Coautora da obra, lançada em 2007, deixa muitas saudades.

Música

Versátil e apaixonado por arte em geral. Edson Simon tem diversas parcerias musicais com artistas de Gaspar. São exemplos: Clóvis Zimmermann e Jean Paulo Reichert, além das bandas Glicose e 39 não é febre.

Projetos

Edson Simon teve dois projetos viabilizados pela Lei Aldir Blanc, de incentivo à cultura. Um deles é o sarau de lançamento do livro Teoria do Acaso (adiado em duas ocasiões devido à pandemia). O outro é a publicação do romance As Rosas de Valverde, em fase de conclusão.

domingo, 7 de março de 2021

Estava Escrito


Dê uma última olhada, antes de fechar o livro. Antes de fechar a porta, se nada houver, deixe ao menos, um bilhete escrito. Quem sabe,  passou despercebido, uma necessidade, um pedido ou até mesmo, alguém para conversar. Então, o endereço de um ombro amigo, fica bem fácil de encontrar. Assim estava escrito.


sábado, 20 de fevereiro de 2021

Música Favorita

Algumas músicas têm sua própria atmosfera

Só nos resta respirar nas ondas delas

Um sopro, melodia do mar

Que inspira e limpa nossos poros

Encontros se apropriam dessas ocasiões

Um beijo, sonoras e cegas expressões

Atente-se à vida com seus sons e momentos

O amor é um sonho em sintonia

se ainda não tocou sua música favorita, 

Insista e ouça esse poema.


 


domingo, 7 de fevereiro de 2021

Sol para todos

Dizem que o sol é para todos,

mas é na sombra dos amigos

que encontramos o calor 

para dias mais amenos.



sábado, 30 de janeiro de 2021

Guerra de palavras

Todos estamos sempre,

Preparados para guerra

Uma guerra de palavras

Onde sempre se tem razão


Antes de expor todos os pontos

Cria-se uma competição

A voz antes da audição

Lógica antes da razão


O equilíbrio está nas entrelinhas

Além das manchetes, atenção

Palavras escritas ou proferidas

Se errares o faça, ao menos, com convicção.


sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

ABC

O poeta, devido ao uso contínuo e forçado das suas mais profundas atribuições, sofreu um ABC.